Estranhezas de uma mente peculiar

Meu estoque de tolerância está por um fio – às vezes eu me esqueço de sorrir o tempo todo, às vezes eu quero desaparecer do mapa, às vezes fico acordada até tarde pensando excessivamente em como mudar o rumo da minha vida sendo que eu ainda nem sei qual rumo eu quero tomar. Estranhezas de uma mente peculiar.

Uma curiosidade sobre a palavra Peculiar é que ela é escrita da mesma forma em Inglês e tem o mesmo significado, mudando apenas a forma de pronúncia. Peculiar, não?

Tão peculiar quanto o sentimento indefinido de quando nos sentimos distantes de tudo mas sem medo de nada. Quanto mais longe eu caminho nessa jornada, mais coragem eu crio. Sem tempo para falsos sorrisos ou falsas interações. Não tolero mais gente rasa, como diz a gíria: sem tempo, irmão.

Tenho um foco à vista, tenho um longo caminho que ainda preciso percorrer no que diz respeitos a conquistas. Não posso me dar ao luxo de esperar demais. Ou pensar demais, mesmo que eu ainda faça isso com bastante frequência, pois pensar excessivamente me é uma característica inerente. Mas já não perco tempo antes de agir. Agora eu penso demais enquanto executo minhas tarefas.

Sei lá… a vida do imigrante é uma bagunça, não tão bagunçada quanto a minha cabeça, é claro. Mas às vezes, meu único momento de paz é no final do dia, quando deito na cama e escrevo meus pensamentos num bloco de notas.

Se meus pensamentos desconexos parecem confusos para você, imagine para mim, que tenho que lidar com eles diariamente.

1 Comentário

  1. Ágata Cruz disse:

    Nenhum pouco estranho. Até me identifiquei, já não me sinto mais só rsrs.
    Obrigada por compartilhar 🙂

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s